20 de fev de 2010

Capítulo a parte: Os Papangus!

Confesso aqui minha ignorância about essa tradição nordestina carnavalesca... 
Já havia visto esses meninos "mascarados" na Praia do Forte na Bahia,
também em Pernambuco e até mesmo mesmo no Ceará, mas não tinha prestado muita atenção...


Dessa vez realmente me apaixonei quando um grupo invadiu nossa varanda e "brincou" o Carnaval.


Saí em busca da origem, eis o que encontrei: 


Veja, o que alguns estudiosos da cultura popular dizem sobre :

Em artigo sobre as procissões religiosas em Pernambuco, publicado pela Revista de História Municipal, em junho de 1978, Renan Pimenta Filho assim descreve os Papangus:

?Indivíduo que ia à frente da Procissão de Cinzas encarregado de tocar corneta anunciando o cortejo. Vestia uma túnica de tecido escuro, tinha a cabeça e o rosto cobertos por um capuz branco com três buracos  um na boca e dois nos olhos. Levava um chicote com o qual batia nos moleques que tentavam perturbar o desfile religioso. Atrás do Papangu, vinham as várias alas da procissão.

No Dicionário do Folclore Brasileiro, Luís da Câmara Cascudo informa que o termo papangu vem de uma espécie grosseira, assim apelidada, e que, à espécie de farricoco (NR. encapuzado que acompanhava as procissões de penitência tocando trombeta de vez em quando), tomava parte nas extintas procissões de cinzas, caminhando a sua frente, armado de um comprido chicote de couro torcido), com que ia fustigando o pessoal que impedia a sua marcha.

Figura temida, sobretudo pelas crianças, o papangu que puxava as procissões religiosas começou a ser questionado até que, em 1831, foi proibido:Ficam proibidos os farricocos e papangus, figura de morte e de tirano, nas procissões que a Igreja celebra no tempo da Quaresma. Depois dessa proibição, o termo papangu passou a denominar tudo o que fosse agressivo, grosseiro, "rebelde". Em 1846, circulou no Recife um jornal político, de linha editorial panfletária, sob o título de "O Papa-Angu".

Atualmente, como todo bom folião sabe, os papangus são apenas alegres mascarados que enchem as ruas das cidades nordestinas, nos dias de carnaval.




 

Um comentário:

  1. olá, equipe da praia dxe baia formosa, como vai, a cada dia que passa esse blog, fica em 3D?
    lá vai o link do meu blog:http://cadernodegustavohenrique.blogspot.com

    beijos e abraços do amigo: Gustavo Henrique.

    ResponderExcluir